11 de fevereiro de 2019
Tecnologia e pessoas, a base do futuro do varejo
Varejo SA por Varejo SA

Todos os anos, em janeiro, Nova Iorque se transforma na capital internacional do varejo, reunindo pessoas e empresas de todos os tamanhos no maior evento mundial do setor, a NRF Big Show. Pelo segundo ano, estive à frente da missão da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) durante três dias de muito aprendizado e troca de experiências. Observamos que inovações tecnológicas, propósito das marcas e pessoas se mantêm como as principais tendências debatidas na 108ª edição da feira.

A tecnologia é fundamental para as empresas atingirem um patamar de alta qualidade na entrega de seus produtos e serviços, mas não é fim e, sim, meio. O pano de fundo das palestras foi o cenário em que pessoas – comunidade, clientes e colaboradores – são os verdadeiros protagonistas das relações de consumo. Esse tripé vem mudando a dinâmica das empresas em todos os cantos do planeta e é observado com atenção pelo varejo.

Aomnicanalidade continua foco nos debates. As novas tecnologias estão à disposição para facilitar a jornada do cliente. O consumidor quer cada vez mais uma experiência completa, sem sentir que está em canais diferentes – pode começar a pesquisar um produto pelo smartphone, comprar pelo computador e passar na loja para buscar ou receber em casa. O fato é que ele quer qualidade e rapidez, quer ter a certeza de que pode contar com a marca que escolheu e que sua demanda será atendida. Conhecer melhor o cliente e personalizar o atendimento são algumas das dicas dos maiores varejistas do mundo para fidelizar essa audiência.

Inteligência artificial vem para gerar mais eficiência operacional e fortalecer o relacionamento com o consumidor. Vimos robôs, drones, softwares e sistemas que até pouco tempo poderíamos imaginar em ação somente nos filmes de ficção e desenhos que se propunham a imaginar o futuro. O desenvolvimento e a aplicação dessas tecnologias também são oportunidades para o surgimento de novas profissões e formas de interação entre pessoas e marcas.

Por isso, é essencial que estejamos sempre em busca de conhecimento e desenvolvimento de habilidades. Aprender coisas novas e romper velhos paradigmas é um passo importante para o momento atual. Observar os erros e acertos dos grandes também. Eventos como a NRF Big Show nos mostram que o futuro já está acontecendo e não é preciso ter medo dele. As informações estão disponíveis, as tecnologias estão em constante desenvolvimento e tendem a se tornar mais acessíveis. Ao empresário, independentemente do tamanho, basta ter coragem e iniciativa de se valer das ferramentas para crescer.

Temos um ano promissor pela frente. Será um período de muito trabalho e certamente de grandes realizações. O novo governo defende pautas alinhadas às necessidades econômicas do país e do Sistema CNDL, por isso seguiremos atuando pela construção de uma agenda positiva para o setor de comércio e serviços e pela consequente melhoria do ambiente de negócios no país. Estamos totalmente preparados e dispostos a enfrentar os desafios do setor que movimenta o Brasil.

Um abraço,

José César da Costa

Presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *