18ª edição

Nova diretoria da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e SPC Brasil toma posse renovando o compromisso com o varejo nacional

Por Renata Dias e Viviane Marques

 

Com o mote “Somando forças para crescer”, a solenidade de posse da diretoria da CNDL e SPC Brasil aconteceu na noite do dia 6 de março, em Brasília. Mais de 550 pessoas estiveram presentes na concorrida cerimônia que contou com a presença de dirigentes de todo o país, dezenas de parlamentares, entre senadores e deputados federais, bem como secretários de estado e prefeitos.

Os ministros Alexandre Baldy (Cidades) e Marcos Jorge Lima (Indústria, Comércio Exterior e Serviços), além do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e do presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos, cumprimentaram pessoalmente a diretoria eleita para o triênio 2018-2020. Criada há 57 anos, a CNDL segue em constante evolução, formada por mais de um milhão de pontos de vendas e presente em todas as unidades da federação.

O primeiro a falar foi Francisco Honório Pinheiro, que transmitiu oficialmente a presidência da CNDL a José César da Costa. Pinheiro destacou os principais programas da sua gestão, como os projetos estruturadores e o Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV), em parceria com o Sebrae, que promoveu mais de 40 seminários em todo o país discutindo demandas e propostas do setor varejista para embasar a elaboração de políticas públicas.

A articulação e o trabalho intenso com as instituições foram sublinhados como ações que conseguiram mobilizar e aprovar medidas legais e infralegais. “Gerir uma entidade com o porte e importância da CNDL exige mais do que esforço e dedicação. E pensar como um Sistema significa agir de forma uníssona, criando oportunidades aos varejistas. Para mim, o momento é de agradecer e desejar sucesso à nova gestão”, declarou Pinheiro.

Entusiasmo, dedicação e coragem

Com uma consolidada trajetória dentro do Sistema CNDL, José César da Costa assumiu a presidência elencando algumas das prioridades de sua gestão, como a implementação do cadastro positivo, a regulamentação de feiras itinerantes, simplificação tributária e a derrubada do veto ao Refis das micro e pequenas empresas.

Em seu discurso de posse, Costa destacou que é preciso avançar com protagonismo e encontrar ressonância no atual momento de retomada econômica do país, mesmo em ano eleitoral. “Nossos olhares também estão voltados para as 15 medidas que o Poder Executivo elegeu como prioridades no Congresso Nacional neste ano.”

Aos diretores empossados, Costa pediu empenho e auxílio, enfatizando que sua gestão será marcada pela união de institucional e serviços: “Este é o compromisso que assumimos: trabalhar juntos. A CNDL sempre estará ao lado das bandeiras em seus estados”, assegurou o presidente.

Costa definiu três pilares que nortearão uma gestão compartilhada e assertiva: união do Sistema CNDL na luta por um crescimento sustentável; proximidade entre as entidades; e inovação disruptiva, descobrindo novas alternativas e caminhos ainda não percorridos.

“Nossa história de conquistas ilustra o papel decisivo que a Confederação tem desempenhado ao longo dos anos, pautado na persistência dos nossos associados e do varejo. Chegamos até aqui pela força do associativismo, pelo interesse e pela participação ativa de todos. Somos os principais atores das mudanças”, convocou.

“Entusiasmo, dedicação e coragem nos alimentarão diuturnamente. Com fé, cumpriremos nosso objetivo. Seguiremos de mãos dadas, unidos, somando forças para crescer.” José César da Costa, presidente da CNDL

Apoio governamental

Em sua fala, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy reiterou a importância da CNDL e do setor varejista para a economia nacional e destacou a urgência de integrar as agendas em busca de maior segurança jurídica e desburocratização do setor produtivo. “Numa economia profícua, o setor de varejo é o maior beneficiado. Que possamos fazer um Brasil de conquistas, de vitórias, para que a vida fique cada vez melhor”, conclamou Baldy.

O governador do Distrito Federal, por sua vez, ecoou o discurso sobre a força do setor de comércio e serviços. “Se hoje o país está retomando a sua economia, muito se deve ao esforço e a perseverança desses brasileiros e brasileiras que enfrentam todo tipo de adversidade para empreender no Brasil”, declarou Rollemberg. O governador expressou publicamente o seu apoio a criação de um Memorial do Varejo na capital federal e aproveitou para convidar os dirigentes a conhecerem o novo parque tecnológico da cidade, que deve ser inaugurado no mês de abril.

Parceiro de longa data, o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos reforçou a importância das parcerias da instituição que preside com o Sistema CNDL e a União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS). “Precisamos reconstruir o Brasil de baixo para cima e, por meio da capilaridade da CNDL, conseguimos chegar ao Brasil real”, observou Afif.

Confira o álbum de fotos da solenidade no link www.flickr.com/photos/cndlbrasil/

shares