11 de novembro de 2019
SPC Brasil debate transformação digital e Cadastro Positivo
Varejo SA por Varejo SA

Mais de 170 executivos de empresas do varejo e de instituições de crédito de várias partes do país estiveram reunidos no último dia 15, em São Paulo, para debater os desafios do varejo na era da transformação digital. No centro das discussões, o Cadastro Positivo.

Para discutir os impactos econômicos desse novo modelo de banco de dados sobre histórico de pagamentos, o presidente do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), Roque Pellizzaro Junior, mediou um painel com especialistas no assunto, como o presidente da Associação Nacional de Bureaus de Crédito (ANBC), Elias Sfeir; Hildo Gonçalves, presidente da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi); e Roberto Azevedo, presidente do Banco Semear.

Pellizzaro Junior chamou atenção para as diferenças do modelo de Cadastro Positivo no Brasil em relação ao de outros países: “Diferentemente das demais economias, em que o consumidor escolhe o birô que vai armazenar seus dados, no Brasil, a informação vai para todos eles”. Também afirmou que a assertividade promovida pelo Cadastro Positivo vai melhorar o desempenho das vendas, trazendo mais segurança. “Ao melhorar os negócios, haverá um redesenho na competição da oferta de crédito”, completou.

Outro painel debateu a disrupção dos modelos de concessão de crédito. O debate foi mediado pelo representante da Ricardo Eletro, Jony Chagas, e contou com as contribuições de Moacir Carlos Engelmann, da Via Certo Financiadora; Leonardo Lima Bortolini, da financeira AgoraCredi; Luis Aberto Francischini Filho, especialista em crédito e cobrança; e Paulo Santos, consultor de crédito e cobrança.

Transparência no uso das informações

Os executivos da Eletrozema (Virgínia Moreira), Novo Mundo (Murilo Bacciotti), FortBrasil (Gustavo Salione), Trigg (Wellington Alves) e DM Card (Leninha Duartte) falaram sobre o uso da inteligência artificial para mitigar riscos. Algumas tendências sobre como as novas tecnologias estão transformando o mercado foram apresentadas.

A gerente jurídica do SPC Brasil, Vivian Moraes, discorreu sobre o Cadastro Positivo e a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrará em vigor em agosto do próximo ano. Na ocasião, explicou seu funcionamento e como a LGPD caminha lado a lado com o Cadastro Positivo. “Ambos têm como finalidade a proteção ao crédito. O desafio das empresas é adotar mecanismos que assegurem um melhor controle e maior transparência no uso dos dados pessoais”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *