8 de março de 2019
Representatividade feminina
Renata Dias por Renata Dias

Mulheres fortes se jogam na política.

Uma nova legislatura começou e as mulheres estão ganhando espaço de destaque dentro dessa composição renovada. O Senado Federal, por exemplo, teve um dos maiores índices de renovação da história: 85%. Na Câmara dos Deputados, a renovação foi a maior dos últimos 20 anos: 52%. A bancada feminina na Câmara é composta por 77 mulheres – 15% das cadeiras. Na legislatura anterior, as mulheres representavam 10% da casa. Entre as eleitas, 43 ocupam o cargo pela primeira vez. Vale destacar a primeira mulher indígena a ser deputada federal, Joênia Wapichana (Rede-RO) e que o Distrito Federal e a Paraíba elegeram suas primeiras senadoras, Leila do Vôlei (PSB) e Daniella Ribeiro (PP), respectivamente.

Em seu primeiro mandato, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) foi escolhida como líder do governo no Congresso Nacional. Papel estratégico, Joice irá atuar junto aos parlamentares para dar andamento à tramitação e aprovação de propostas importantes para o Palácio do Planalto, como a Nova Previdência.

“Nós mulheres, infelizmente, ainda temos muito menos representantes na política do que os homens. Nem sempre temos o apoio dentro das estruturas partidárias para capacitação, recursos de campanha, espaços de diálogo e de poder. Estas são as dificuldades. Por outro lado, as mulheres que se dedicam à política apresentam uma visão mais holística, mais voltada para o social e isso é positivo e necessário. Costumo dizer que não precisamos estar em competição. Podemos agregar, homens e mulheres, para realmente, como políticos sermos bons representantes da sociedade brasileira”, avalia a senadora Simone Tebet (MDB-MS).

Ela acaba de assumir um outro cargo de destaque: a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Essa é a primeira vez na história do Senado que uma mulher assume o comando de uma das comissões permanentes mais importantes da casa. Ao ser eleita, a senadora garantiu que não vai impedir a tramitação de projetos, mesmo os polêmicos e declarou que a CCJ terá como meta a imparcialidade e o respeito aos princípios democráticos sem distinção entre parlamentares e partidos políticos. “Oposição e situação vão ter os seus espaços de forma equilibrada”, ressaltou. A senadora destacou ainda que o regimento interno do Senado será cumprido, inclusive com o rigor para o tempo para cada parlamentar se manifestar e o direito às intervenções. Segundo ela, a severidade neste caso é importante para otimizar o trabalho.

“Hoje em dia vai ficando cada vez mais para trás essa diferença entre homens e mulheres, até porque as mulheres estão casando mais tarde e estão buscando também o aperfeiçoamento profissional. Pelo o que eu observo, o mercado precisa de pessoas que sejam determinadas, focadas, atiradas, talentosas e competentes”, avaliou a deputada Bia Kicis (PSL-DF).

Em seu primeiro mandato, a deputada já firmou compromisso e integra a Frente Parlamentar Mista de Comércio, Serviços e Empreendedorismo. “Entro na Câmara representando as mulheres que não se sentem representadas por outras parlamentares. Representarei a dona de casa, a empresária, a mulher que batalha e zela pela família e que cuida dos filhos”, discursou.

Conselhos

Para enfrentar com maestria os desafios de atuar em um ambiente predominante masculino, Bia dá dicas. “Busque ser independente, em todos os sentidos, e se proteja. Seja uma pessoa dedicada pois se você quer vencer, é preciso ser forte e deixar para tratar das suas fragilidades em outros ambientes, fora do espaço de trabalho. O principal é procurar ser uma pessoa forte, competente e muito profissional”, indicou.

A senadora Simone Tebet aconselha muito trabalho e coragem para enfrentar as dificuldades. “É preciso muita dedicação, estudo, esforço e motivação para se manter no mundo dos negócios. É importante acreditar em seu potencial e seguir adiante. É preciso dar um basta na cultura machista e na violência contra a mulher”, finalizou.

Sistema CNDL dá o exemplo

Entidade de Nanuque, em Minas Gerais, elege uma diretoria 100% feminina

O retrato do empoderamento feminino no movimento lojista. Pela primeira vez na sua história, o Sistema da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas conta com uma diretoria de entidade composta 100% por mulheres.

A eleição da diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Nanuque (MG) para o biênio 2019-2020 aconteceu em fevereiro quando todos os associados decidiram por aclamação aprovar a chapa única denominada “Mulheres nota 10”, presidida pela empresária Thaís Porto Andrade, tendo como vice Naiara Lima Souza.

A expectativa e a confiança são grandes. O prestígio foi demonstrado na solenidade de posse com a presença do prefeito da cidade, Roberto de Jesus. “Temos a certeza que essa nova diretoria irá caminhar junto com a prefeitura para desenvolver a nossa cidade, objetivo que requer o envolvimento de todos os segmentos. Nanuque ganha e é um avanço ter à frente um grupo de mulheres interessadas no desenvolvimento econômico”, declarou o prefeito.

As 11 mulheres que compõem a diretoria são empresárias respeitadas na cidade e já demonstraram competência nos seus negócios. “Nossa expectativa é a melhor possível. Reunimos um time que se destaca no comércio de Nanuque e que agora vem inovar a gestão da nossa CDL. Encaro com muita felicidade esse desafio maravilhoso, vamos fortificar projetos antigos e trazer muita inovação”, afirmou a presidente Thaís Andrade. Ela atua há 18 anos em uma empresa familiar e foi diretora do SPC na cidade nos anos 2017-2018.

“O principal foco da nossa diretoria é a inovação. Queremos inovar e trazer parcerias com o executivo municipal para juntos avançarmos. Vamos fortalecer as parcerias e trazer um envolvimento maior dos nossos associados, da comunidade, em prol do desenvolvimento de toda a cidade”, celebrou a vice-presidente Naiara Lima.

Para a coordenadora do Sebrae em Nanuque, Renata Carvalho, a nova diretoria intensifica a força feminina na cidade. “Estamos muito bem representadas e vamos discutir juntas os novos trabalhos”, sinalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *