7 de janeiro de 2020
Por dentro do Políticas Públicas 4.0
Varejo SA por Varejo SA

No fim de 2018, o Sistema CNDL e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) lançaram o convênio Políticas Públicas 4.0 (PP 4.0). A ideia do projeto era unir entidades do Sistema CNDL e representantes do poder público em discussões em torno de questões relevantes para o desenvolvimento do setor varejista.

Um dos principais objetivos do projeto foi discutir com as entidades e associados do Sistema CNDL questões relevantes para o desenvolvimento do varejo. Nesse sentido, as atividades planejadas seguiram três eixos: qualificação de lideranças para ações de Relações Institucionais e Governamentais (RIG), fomento ao desenvolvimento local e regional, por meio da articulação das lideranças do varejo e Mobilização empresarial.

Às portas de completar um ano de sua criação, o PP 4.0 já está no ponto de fazer suas primeiras avaliações. Afinal, ao longo de 2019 foram realizadas 24 edições do convênio, que passaram por 15 estados e qualificaram 3.100 lideranças. Para falar sobre as impressões e resultados do programa, a Varejo S.A convidou três consultores que trabalharam como monitores nos encontros como os varejistas: Marcos Lima, Nilmar Paul e Eduardo Fayet.

Eduardo Fayet, empresário e professor, mostrou em suas palestras como os varejistas podem se equipar com técnicas que podem ser utilizadas nas relações institucionais e governamentais nos seus estados. “Nós abordamos os processos legislativos e as ferramentas que podem ajudar os varejistas a implementar projetos do interesse da sua categoria”, explica.

Já o professor Marcos Lima, consultor do Instituto de Avaliação, Gestão & Educação (IAGEE), atuou com foco no desenvolvimento e implantação de metodologias que promovam, por meio da articulação de lideranças, o desenvolvimento regional. “Esses processos têm demonstrado que nós poderemos não só mobilizar as lideranças do varejo, mas também contribuir para uma melhor organização interna do setor”, diz.

O consultor e administrador Nilmar Paul levou aos seus ouvintes o papel do empresário como protagonista do processo de político. “Se eu quero uma modificação no ambiente de negócios eu preciso fazer alguma coisa. Não posso ficar parado. Foi esse o sentido dos workshops que levamos por meio do PP 4.0”, explica.

A seguir, os três artigos que demonstram a solidez e importância dessa iniciativa, capitaneada pela CNDL e Sebrae e que continuará sua jornada pelo Brasil ao longo de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *