14ª edição

CNDL lança canal que traz dicas valiosas sobre como uma empresa deve preparar-se para vender para órgãos governamentais

Por Cinara Lima

O5VTM71

No ar desde o fim de setembro no portal da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o hotsite Compras Governamentais foi lançado com o objetivo de abrir o olhar do associado do Sistema CNDL para um mercado em ampla expansão. Com conteúdo especializado do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o canal dá importantes dicas sobre como uma empresa deve preparar-se para vender para órgãos do governo, como hospitais, escolas, secretarias e outros.

O site disponibiliza dez vídeos que detalham os principais pontos para iniciar no mercado de compras governamentais, trazendo informações sobre a legislação de compras públicas, a melhor licitação para cada tipo de negócio, como ser informado toda vez que uma licitação surgir, as vantagens para as micro e pequenas empresas nas compras públicas, entre outras. O pequeno empresário pode e tem o direito de participar das concorrências públicas.

Participação garantida por lei

A Lei Complementar nº 123/2006, que instituiu o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, garante a participação das micro e pequenas empresas nos processos de licitação.

Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, tornar-se um fornecedor do governo significa estar a par das licitações e da legislação que envolve a atuação do micro e pequeno empresário nesse mercado. “O empresário deve ter um olhar atento para todas as oportunidades de negócio que surgem. Para participar desse mercado, é preciso que o lojista se prepare”, alerta.

Em 2017, o governo do estado do Paraná comprou R$ 102 milhões de pequenas empresas. O montante representa 38,5% de todas as compras de serviços e produtos feitas pelo governo estadual neste ano.

Além de toda a documentação necessária, o empresário deve comprovar qualificação técnica, habilitação jurídica, qualificação econômico-financeira e regularidade fiscal.

A participação das micro e pequenas empresas nas compras públicas ficou em R$ 10,78 bilhões entre 1º de janeiro e 5 de julho de 2015. Esse valor representa 37,2% do total de R$ 28,9 bilhões gastos pelo governo federal no período.

Saiba mais: http://www.cndl.org.br/comprasgovernamentais/

Nov_MovimentoVarejo_comprasgoverno_1

 

shares