21 de janeiro de 2020
Menos resoluções, mais metas
Varejo SA por Varejo SA

Chegou a hora de trocar a agenda, o calendário de mesa, a folhinha do mês. O rito de passagem de ano sempre costuma soprar um pouco de otimismo e esperança no ar. Mas é bom ter em mente que o rito não encerrará, magicamente, nossos problemas. Carregaremos os mesmos desafios ano novo adentro.

Casar, emagrecer, comprar uma bicicleta, viajar, guardar dinheiro – quem nunca se empolgou com as resoluções de início de ano? E quem nunca as viu indo embora já com as águas de março? Para que os planos não sejam mera intenção, você precisa ter mais do que uma resolução: é preciso trabalhar com metas.

A meta é um objetivo bem definido a ser alcançado num certo espaço de tempo e com um esforço previamente calculado. Não queira aumentar as vendas no meio on-line. Queira, por exemplo, aumentar em 30% as vendas on-line nos próximos seis meses, investindo no impulsionamento da marca nas redes sociais. Percebe como a coisa muda?

Talvez tenha chegado a hora de traçar uma meta mais ousada. Depois de tantos anos de crise, seguidos de uma lenta recuperação, há sinais de aceleração da atividade econômica. O sucesso recente da Black Friday em 2019 não me deixa mentir. As disputadas filas em torno das grandes redes varejistas são um sintoma desse novo momento.

O investimento em comunicação e, principalmente, na integração entre diversos canais deu a tônica do evento em 2019. A estratégia de privilegiar produtos de valor mais baixo mostrou-se adequada, uma vez que o consumidor não está plenamente recuperado dos anos de dureza, e trouxe bons resultados. Segundo a Ebit, só no e-commerce, as vendas cresceram 23,6% na comparação com o evento de 2018.

Para este ano, a expectativa é de que a economia registre um crescimento em torno de 2,2%, depois de crescer perto de 1,0% por três anos seguidos. Se concretizado, esse crescimento poderá colocar a economia brasileira mais próxima dos níveis de atividade observados antes da crise. Esse é o primeiro dado a ser considerado no seu planejamento e na definição de metas. Também é importante estar atento aos dados do seu próprio setor e às tendências de mercado.

2020 começou, o pior ficou para trás e, salvo novos choques políticos ou externos – as nossas ressalvas de sempre –, agora é com você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *