11 de março de 2019
Jair Francisco Gomes
Varejo SA por Varejo SA

Original de Vitória, no Espírito Santo, Jair Francisco Gomes mudou-se para o município de Barra Mansa, no Rio de Janeiro, no início dos anos 1990 e lá fez sua história. Casa cheia, com quatro filhos e seis netos, ele toca seus negócios e compartilha com a revista Varejo s.a. um pouco mais da sua trajetória. Confira!

Qual é o seu negócio? Sou empresário do ramo têxtil há 27 anos. Trabalhamos com todos os artigos de confecção, tecidos, roupa, cama, mesa, banho e decoração.

Quais são os principais desafios da sua área de atuação? Desde o avanço das exportações, o segmento têxtil passa por uma queda, resultado da concorrência injusta, uma vez que os produtos importados ainda superam os preços nacionais. Além dessa questão, como empresários brasileiros, sofremos com a grande carga tributária que afeta a todos.

Como começou sua história no Sistema CNDL? Eu conhecia a CDL devido aos serviços e produtos que ela oferecia. A convite do então presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, me tornei sócio diretor da CDL de Barra Mansa há 20 anos. Fui presidente da entidade de 2002 a 2004 e, depois, no período de 2007 até 2013 exerci a função de presidente da FCDL-RJ, tendo a oportunidade de liderar o movimento lojista do estado do Rio de Janeiro. Além disso, integro a diretoria da CNDL há nove anos, no Conselho Fiscal.

Qual é a importância de participar de uma entidade associativista? Em todo esse tempo, vivenciei mudanças fundamentais no setor varejista e acompanhei de perto as mudanças que aconteceram no estado do Rio de Janeiro, como o desafio da migração do banco de dados para o SPC Brasil, em uma negociação com a Boa Vista. Também na CNDL pude acompanhar de perto as mudanças realizadas no nosso sistema para aperfeiçoá-lo e trazer mais profissionalismo aos nossos processos. Hoje, essas ações contribuíram para sermos um sistema que tem grande credibilidade junto aos órgãos financeiros, sociais e políticos de todo o país.

Por que me tornei uma liderança? Na minha trajetória, sempre contei com o apoio de grandes líderes lojistas e entendo que liderar é saber o caminho, é saber aonde se quer chegar, quando, como e com quem.

Ser dirigente lojista é… Ser proativo e coerente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *