14ª edição

O foco é chamar atenção dos alunos para os cuidados com meio ambiente e reciclagem.

Nov_Integra_Recicla_pag54

Em Concórdia, no oeste do estado, o projeto Recicla CDL nas Escolas, desenvolvido pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC), em conjunto com a CDL Concórdia segue com a programação de apresentações. No dia 24 de outubro, foi a vez dos alunos do 1º ao 4º ano da Escola de Educação Básica Walter Fontana aprenderem mais sobre reciclagem e os cuidados com o meio ambiente.
De maneira lúdica as atrizes da Carretel Cia Teatral chamaram a atenção dos alunos que vibraram com a peça: “Mundo Seco”. Segundo a diretora social da CDL, Sueli Solenta, o novo formato do projeto surpreende pelo envolvimento dos pequenos que acreditam que juntos serão os super-heróis do meio ambiente. “Através da proposta da Liga Sustentável da Federação criamos essa diferente forma de ensinar sobre preservação de maneira mais atrativa, pois a linguagem do teatro tem esse poder de fluir com a imaginação e também orientar esses que serão os disseminadores das boas práticas sustentáveis”, avaliou Sueli.
O diretor de sustentabilidade da entidade, Idemar Guizzo, igualmente destacou a forma divertida na qual os alunos absorvem conhecimento sobre o tema. “Quanto mais cedo for abordado o assunto com as crianças maiores serão as chances de despertar a consciência pela preservação. Acreditamos que ela aprende mais com aquilo que vê, por isso, apostamos neste modelo”.
A diretora da escola Rafaela Franke, confirma a importância do projeto. “Nossa escola já possui um projeto focado em ações sustentáveis, mas com o teatro conseguimos reforçar esse modelo e ampliar as possibilidades. Um dos lemas da escola é preservação e conservação do patrimônio. Acreditamos na força da coletividade para transformarmos a sociedade começando pelas boas práticas no ambiente escolar e com a peça temos a certeza que eles devem chegar em casa ensinando os pais e familiares o quanto é pertinente economizar água, evitando banhos prolongados, separando o lixo doméstico, entre outras dicas simples, mas que fazem a diferença”, declarou Rafaela.
Após a apresentação teatral as turmas receberam um tema de casa que deverá ser replicado aos demais por meio das professoras. “Nos próximos dias eles terão uma incumbência coletar o lixo eletrônico e trazer na escola em um espaço que criamos de maneira especial para isso. Os materiais como celulares, televisores, rádios, pilhas e demais eletrônicos que serão coletados terão o destino correto. É um projeto simples, mas que tem sim o poder da transformação, pois acreditamos que se uma criança fizer a sua parte instigando os seus pais na preservação estaremos no caminho certo”, explica Guizzo.
O projeto Recicla CDL nas Escolas de Concórdia segue com o cronograma, a próxima escola contemplada será a Escola Básica Giuseppe Sette. “Iniciamos com a proposta de três apresentações, mas devido ao envolvimento das escolas acreditamos que teremos que ampliar as atividades no próximo ano. A ideia que deu certo pode servir inclusive de modelo para as demais entidades, pois nosso objetivo é compartilharmos essa boa prática”, finaliza o diretor de sustentabilidade.

shares