15ª edição

Dez_Integra_CDLUberaba

Com o objetivo de preservar e divulgar a identidade histórica comercial de Uberaba, aconteceu no dia 21 de novembro, na sede da Câmara Dirigentes Lojistas, a inauguração do anexo do Memorial do Comércio. Conduzida pelo presidente da CDL de Uberaba, Fúlvio Ferreira, com a ampliação, o museu passa a contar, também, no anexo, com a reprodução dos antigos armazéns de secos e molhados, denominado “Armazém do Januário”, em homenagem a um dos fundadores da CDL, um de seus ex-presidentes e membro atual do Conselho Superior.

A primeira parte do equipamento histórico contém equipamentos utilizados no setor comercial, tais como, primeiros telex, fax e computadores, além de máquinas de escrever e calcular, entre outros.

Ao longo da exposição, o visitante encontra histórias e memórias de um tempo, em que os clientes eram tratados pelo nome, perguntavam pela sua família e quando não tinham dinheiro para comprar podiam levar fiado. O Memorial é uma rica exposição e proporciona ao visitante relembrar as antigas mercearias ou vendas ou ainda empórios. Uma viagem a um tempo tão próximo mas já tão diferente do nosso quotidiano.

O evento serviu ainda para a abertura de mostra fotográfica realizada pela artista Marilda Pereira que visitou algumas vendas ainda existentes em Uberaba. Uma delas com quase 60 anos de funcionamento. A programação foi encerrada com palestra proferida pelo historiador Guido Bilharinho que abordou “A História do Comércio de Uberaba”.

Também prestigiaram a cerimônia o presidente da Câmara Municipal de Uberaba, Luiz Dutra; o secretário municipal José Renato Gomes (Desenvolvimento Econômico e Turismo); o presidente da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, João Eurípedes Sabino; o gerente regional dos Correios, Agenor Bernardes; os ex-presidentes da CDL Mário Vilmair Silvestre Pereira, Daniel Fabre e Miguel Faria, bem como diretores e convidados.

shares