3ª edição

Prever o comportamento dos consumidores é um grande desafio para qualquer lojista. Mas hoje, com ajuda da tecnologia, é possível mapear o que os clientes desejam dentro das lojas usando câmeras e dados agregados para identificar padrões. Essa é a principal função do AdBoxSense, que com uma câmera instalada no estabelecimento reconhece alguns dados básicos dos clientes, como sexo, idade e expressão facial.

O software é uma das 300 ferramentas inovadoras que faz parte do ‘Inova Varejo’, portal lançado em setembro deste ano pela CDL Jovem, que oferece soluções inovadoras para impulsionar a performance e a gestão dos varejistas. Por meio da análise das características faciais, o AdBox-Sense é capaz de segmentar os consumidores em faixas etárias, gêneros e humor, além de medir o tempo em que os potenciais consumidores observaram os produtos expostos. “O principal não é a tecnologia, mas sim a informação que fornecemos aos varejistas. Com a ferramenta, eles podem planejar melhor desde a escolha dos produtos até o atendimento adequado para o perfil de seus clientes”, explica Luiz Vitor Martinez, um dos idealizadores do projeto.

Quanto à privacidade dos clientes, ele garante que os dados são confidenciais e não são armazenados. “Não atrelamos as informações às pessoas, apenas coletamos dados genéricos para reconhecer quem é o público da loja”, explica. Ainda segundo Matinez, a ideia não é válida apenas para varejistas e pode ser instalada em totens, como os de check-ins de aeroportos. “Sabendo mais sobre o cliente, é possível recebê-lo de forma adequada, identificando o que procuram na hora da compra”.

Uma pesquisa recente do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da CNDL mostra que 78% dos jovens empreendedores têm interesse em novas tecnologias para acelerar o crescimento de suas empresas, 70% acreditam que novas tecnologias ajudam nas vendas, mas só 50% as adotam na prática. “O portal foi criado para ajudar o jovem empresário e identificar na inovação um instrumento de valor e de ganho de competitividade, melhorando o desempenho da empresa”, explica Pablo Guterres, presidente da CDL Jovem.

shares