7ª edição

Mudança de mentalidade e tecnologias para micro e pequenas empresas serão temas de encontros que vão circular pelo Brasil em 2017

Brasília recebeu, no dia 16 de março, o primeiro evento do Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV) para disseminação do Inova Varejo, iniciativa da Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem) que oferece e dissemina ferramentas tecnológicas de baixo custo para o setor de comércio e serviços.

A ação, que faz parte do convênio firmado entre a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para elaboração de propostas de políticas para melhorar o ambiente de negócios no varejo, aconteceu na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF), em Brasília.

O Inova Varejo conta com mais de 50 ferramentas de inovação, em sua maioria aplicativos que facilitam a gestão, a logística e mesmo operações práticas do dia a dia, como identificação de notas falsas e criação de troco eletrônico que pode virar pontuação nos estabelecimentos comerciais. “Fizemos uma curadoria para elencar os mais impactantes para os empresários”, explica Pablo Guterres, presidente da CDL Jovem, presente no evento. Aliás, a equipe da CDL Jovem que acompanha as sugestões e aplicativos está atenta às tendências. “O projeto é muito dinâmico. As ferramentas atualizam-se e recebem novas funções. Ferramentas de inovação atualizam-se diariamente e precisamos estar de olho no mercado”, explica Guterres.

“Muitas vezes, a dificuldade de um empresário não é entender a inovação e, sim, fazer com que ela funcione em seu negócio”, ressaltou uma das palestrantes do evento, Simone Bazzan. A empresária, que já atuou na venda de móveis durante 15 anos, instigou os participantes a demonstrar suas iniciativas e partilhar suas estratégias para vencer as dificuldades. “Inovação precisa de estímulo. Se você não estimula sua equipe, se você não volta seu próprio olhar à inovação, não consegue avançar”, avalia. Simone desenvolveu um método próprio de treinamento em inovação, disseminado para mais de mil pessoas, apenas em 2016. Ainda, é uma das curadoras do projeto Inova Varejo.

Para o presidente da CDL-DF, José Carlos Magalhães, o objetivo principal do Inova Varejo dentro do programa de desenvolvimento do varejo é disseminar informações e boas ferramentas. “O projeto traz para os lojistas o conhecimento da tecnologia e como usá-la com o objetivo de alavancar os negócios, conhecendo os clientes. Todos nós sabemos que entender o cliente é ponto-chave dos negócios”, avaliou.

 

Critérios de seleção para as ferramentas do Inova Varejo

  • Usabilidade.
  • Baixo custo.
  • Escalável em diferentes cenários.

Objetivos

  • Gerar mais vendas.
  • Gerar mais lucros.
  • Engajar a equipe.
  • Satisfazer e surpreender clientes.

 

 

Pagamento no celular

Fabiana Lucas, coordenadora da CDL Jovem do Ceará, diretora da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE) e empresária do segmento de sex shop, foi uma das pessoas que trabalharam no desenvolvimento do projeto Inova Varejo. Sua experiência de inovação começou como teste, com a máquina Moderninha, que permite o pagamento por celular. Concebida para realizar pagamentos por cartão de crédito e débito, a Moderninha não tem aluguel nem taxa de adesão. É preciso ter uma conta no PagSeguro e as taxas aplicadas são de 2,39% para débito e 3,19% para crédito.

“Achei fantástico. Realizo muitas vendas em domicílio, para manter a privacidade dos clientes. Basta digitar no celular o número do cartão, o código de validade e o código que tem atrás dele. Na hora de aprovar a venda, o próprio cliente aperta em aprovar e o vendedor vê na hora que a compra foi aprovada. Automaticamente, você manda um SMS ou e-mail para que o cliente possa acompanhar”, conta.

O teste deu tão certo que a empresária acabou investindo na máquina. “Depois, acabei comprando para oferecer mais opções aos clientes. Hoje, me livrei do aluguel da máquina na empresa e tudo ficou muito mais prático. No próprio celular da empresa, também tenho o programa baixado”, detalhou.

Este e outros exemplos estão reunidos no site inovavarejo.org.br. Acesse-o e conheça as ferramentas tecnológicas disponíveis no programa.

shares