13 de abril de 2018
Facilite a busca do seu site
Varejo SA por Varejo SA

Saber usar a técnica de SEO aumenta sua visibilidade na internet

Por Viviane Marques

dicas_google

Visibilidade para seu site é uma arte que nem sempre envolve dinheiro. Um dos grandes trunfos para ficar no topo das ferramentas de busca na internet, como o Google, é o SEO. A sigla para search engine optimization – em tradução literal, otimização para motores de busca – compreende um conjunto de técnicas relacionadas ao uso de palavras-chave e conteúdo relevante para melhorar o posicionamento de um site nos resultados de pesquisa.

Estar bem colocado nesse ranking dos buscadores contribui significativamente para atrair clientes para seu negócio. De acordo com o Estudo dos Cliques Orgânicos do Google, realizado pela Internet Marketing Ninjas em 2017, sites que aparecem em primeiro lugar na busca do Google ganham, em média, 21% dos cliques; os segundos, 10%; e os terceiros, 7%, ou seja, quanto mais próximo do topo, maior a chance de tráfego para seu site. Segue um resumo básico para quem quer começar.

  • Conteúdo

Conteúdo relevante é a base do SEO. Se não for bom nem consistente, o cliente pode até chegar, mas vai embora rapidinho. Para começar, artigos de 500 a duas mil palavras têm o tamanho ideal para falar o necessário e, ao mesmo tempo, fazem com que o Google não enquadre sua página como “caça-cliques”. Nada de superficialidade, capriche!

  • Palavras-chave

Descubra as palavras mais usadas em pesquisas relacionadas ao seu produto e use-as – assim como sinônimos e termos semelhantes – no título, na URL (endereço no navegador) e nos intertítulos. Aliás, é recomendado usar URLs curtas, aliadas a palavras-chave já pesquisadas.

  • Título

O título valoriza o conteúdo e deve ter, aproximadamente, 70 caracteres. É uma área nobre, pois é um dos primeiros itens que as ferramentas de busca leem no seu site, além de ser onde surge o link para que o leitor clique na página, quando ela aparece nos resultados.

  • Exclusividade

Uma descrição caprichada, com bastante informação e fotos exclusivas, que mostrem bem o produto e seu uso, melhora a posição do site no ranking dos buscadores. Não copie, porque o plágio costuma ser punido pelo Google, viu?

  • Qualidade

O texto precisa fluir e a técnica precisa combinar com a qualidade do conteúdo, seja pela informação consistente, seja pelo bom uso da língua portuguesa. Sites com erros de português perdem pontos no ranking do Google, que associa textos mal escritos a páginas maliciosas ou spam. Já os leitores podem associar falhas na grafia e pontuação à má qualidade do seu produto. Não vacile!

  • Links

Relacione-se! Poste links externos para que o leitor obtenha mais informações, mas conquiste links para seu site em outras páginas também. Quando sua página é citada em outros sites, o Google entende que seu conteúdo é tão relevante que até mereceu citação. Mas priorize a qualidade, não a quantidade. Já os links internos levam a páginas do seu site que aprofundam o tema, o que mostra aos buscadores que elas existem e têm relevância. Importante: em vez do “batido” Clique Aqui, use textos-âncora nos links internos, já sinalizando o tema adiante.

  • Experiência positiva

Carregamento rápido e design agradável, além de bom conteúdo, conduzem o usuário a uma experiência positiva e ele permanece na página. Se a taxa de rejeição do seu site é alta, isto é, se o leitor entra e sai rapidamente, o algoritmo registra esse movimento e sua página perde pontos no ranking do Google.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *