11 de junho de 2019
Eronaldo Maia
Varejo SA por Varejo SA

Nascido no alto sertão da Paraíba, Eronaldo de Vasconcelos Maia é filho de comerciante e foi um dos responsáveis pela expansão dos negócios do seu pai em João Pessoa. Empresário ligado a empreendimentos de sucesso da capital paraibana, como Lojas Maia e Shopping Tambiá, tem família grande: seis irmãos, dois casamentos, cinco filhos e sete netos. Maia atua no Sistema CNDL há 35 anos e conta um pouco mais da sua história.

Como começou seu envolvimento com o comércio?* Meu pai, Francisco Severiano de Vasconcelos, era negociante de joias e vendia de porta em porta lá no sertão. Em 1959, mudamos para a cidade de Patos e ele abriu as Casas Maia, uma loja de variedades, utilidades domésticas, móveis e joias. Com a expansão da loja, em 1972, mudamos para João Pessoa e, com a evolução dos negócios, abrimos as Lojas Maia, ofertando uma grande variedade de eletrodomésticos, utilidades para casa e móveis. Há cerca de oito anos, repassamos as Lojas Maia para o Magazine Luiza, entregando um negócio tradicional e consolidado, com mais de 140 lojas e operação em todo o Nordeste. Antes disso, em paralelo com outros negócios, criamos o Shopping Tambiá, inaugurado em 2002, no centro de João Pessoa. Recebemos muitas críticas na época, mas o shopping ajudou na valorização e revitalização da região central da capital.

Conte um pouco da sua história no Sistema CNDL. Bom, o comércio está no meu sangue e meu envolvimento começou como um associado da CDL de João Pessoa, interessado nas melhorias para os lojistas da cidade. Fui me envolvendo, me interessando mais pelas discussões e participando mais ativamente das atividades da CDL. Em 2011, fui eleito presidente da CDL da capital, permanecendo no cargo até 2017. Durante esse período, meus esforços sempre foram em prol do desenvolvimento da nossa categoria e do comércio local. Atualmente, integro o Conselho Fiscal da CNDL.

Por que me tornei uma liderança? Tornar-se um líder, para qualquer empreendedor, é um grande desafio. Entender as dificuldades do mercado, da economia, ter uma atitude exemplar e promover a socialização e união dos colaboradores é uma tarefa árdua, porém muito gratificante. Espelho-me muito nos ensinamentos do meu pai. A determinação e a humildade daquele sertanejo inspiram meu dia a dia. Ele é meu exemplo maior de liderança.

Ser dirigente lojista para mim é... Poder contribuir para o fortalecimento do comércio varejista, para o desenvolvimento do meu estado e país e para a construção de uma sociedade melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *