10 de dezembro de 2016
E-commerce B2B ganha espaço
Varejo SA por Varejo SA

O e-commerce B2B (venda entre empresas) está se tornando cada vez mais relevante nas estratégias de transformação digital. Nos Estados Unidos, por exemplo, este mercado já movimenta mais do que o dobro da venda B2C (para o cliente final). Os valores são de U$ 780 bilhões no B2B, contra U$ 350 bilhões no B2C. Em um cenário de transformação digital da indústria, as empresas americanas já aceitaram que a digitalização de seus canais de venda é um fator chave de sobrevivência, não mais de pura inovação. Estimativas da Forrester preveem que, até 2020, o valor de vendas do mercado B2B chegue a U$ 1,1 trilhão. Isto vai representar 12,1% de todo o volume movimentado nas transações entre empresas nos Estados Unidos. Em determinados setores, já é comum encontrar empresas que o canal digital B2B representa de 30% a 50% de seu faturamento. Segundo pesquisa da Forrester, 74% dos clientes B2B, se tivessem alternativa, achariam mais conveniente comprar digitalmente. E, em 53% das compras, a decisão do produto e/ou fornecedor já ocorreu antes do primeiro contato com o vendedor. Uma empresa que está apostando forte neste canal digital B2B é a Amazon. A gigante do e-commerce B2C já movimenta mais de U$ 1 bilhão por ano em sua operação B2B. No Brasil, a digitalização do canal de venda B2B se expande a cada dia e a tendência é de que os números nacionais desse mercado sejam tão promissores quanto aos norte-americanos.