1 de maio de 2018
Copa do Mundo 2018: oportunidade de ouro
Varejo SA por Varejo SA

Preparativos para o maior evento esportivo do planeta sacode o comércio

Por Maria Clara Abreu e Letícia Bezerra

mai_movimento_copa

Faltam menos de dois meses para a chegada da Copa do Mundo FIFA Rússia 2018 e os varejistas já começam a se organizar para aproveitar as oportunidades de vendas que o evento proporciona. Setores como o de televisores, artigos esportivos, decoração e serviços geralmente lucram com os mundiais, mas as áreas que não estão diretamente ligadas ao futebol também podem aproveitar o momento para desenvolver campanhas e brindes temáticos que ajudem a alavancar as vendas e estejam inseridos no contexto da Copa do Mundo.

Nas Copas anteriores, as vendas do varejo refletiram toda essa animação. Segundo a consultoria Gfk, durante o período que antecedeu a Copa do Mundo 2014, o Brasil registrou crescimento acima de 60% nas vendas de TVs em comparação com o mesmo período de 2013. Esse cenário pode se repetir neste ano: a consultoria prevê que a Copa na Rússia trará um aumento de 22% no número de aparelhos de televisão vendidos.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), realizada no último trimestre de 2016 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostrou que, de 69,3 milhões de domicílios no Brasil, apenas 2,8% não tinham televisão. Entretanto, mais de 40 milhões desses televisores ainda são de tubo, o que corresponde a cerca de 40,0% do total, ou seja, a Copa do Mundo da Rússia transforma 2018 no ano perfeito para o brasileiro que quer ver a seleção jogar em aparelhos mais modernos e maiores.

Grandes varejistas já enxergaram essa oportunidade e estão buscando maneiras de impulsionar as vendas. Em entrevista, Paulo Naliato, diretor executivo de Vendas da Via Varejo, grupo do qual as varejistas Casas Bahia e Pontofrio fazem parte, afirmou que as lojas estão buscando negociar antecipadamente com as principais marcas para conseguir trazer variedade e bons preços e condições de pagamento. “Para este ano, estamos com estoque abastecido para suprir a demanda dos clientes e esperamos crescimento nas vendas da categoria de televisores como um todo”, diz, ressaltando ainda a maior procura do consumidor até o momento: “As grandes apostas deste ano são as televisões acima de 55 polegadas, além de produtos com tecnologia e qualidade de imagem, como as TVs modelos UHD 4K”.

 

Campanhas

mai_movimento_copa4

A campanha pré-Copa das Casas Bahia, intitulada “A Casa da Torcida Brasileira”, já começou e, para apresentar as ações da marca para o período, a rede aposta em um famoso youtuber que fala de futebol e estará em toda a comunicação, incluindo TV e redes sociais. Como uma forma de homenagear a seleção brasileira, a logomarca ganhou temporariamente as cores da bandeira brasileira. Além disso, a rede promoverá um bolão e premiará com R$ 2 milhões o cliente que acertar o primeiro, segundo e terceiro lugares do mundial. Para participar, basta cadastrar as opções no hotsite da campanha nas compras acima de R$ 500,00, em qualquer produto do site ou loja. Mas a principal estratégia da marca fica por conta da ação “TV por R$ 1,00”, em que, na compra de uma TV acima de 60 polegadas, o cliente leva na hora outra de 32 polegadas por apenas mais R$ 1.

Já o Pontofrio lançou a promoção intitulada “Salário de Craque Pontofrio”, na qual a rede promete descomplicar a vida do torcedor, com o sorteio de um prêmio de R$ 100 mil por mês, durante um ano. A campanha tem a intenção de mostrar que, para ter um salário de craque, não é preciso ter habilidades, basta comprar no Pontofrio. Para participar, nas compras acima de R$ 500 em qualquer loja, no site ou por meio do Televendas do Pontofrio, o cliente já cadastrado automaticamente está concorrendo. A campanha contará também com ações especiais nas redes sociais, com interações divertidas entre o Pinguim, porta-voz oficial da marca nas redes, e o jornalista Evaristo Costa, além de filme em TV aberta e fechada, rádio, ativações em loja e diferentes peças e formatos no meio digital.

 

Figurinhas, sim!

mai_movimento_copa6

Mas nem só de tecnologia vive o varejo em ano de Copa. Os álbuns de figurinha já se tornaram clássicos e acompanham os apaixonados por futebol há quase 50 anos. Tudo começou com o álbum oficial da Copa do México, lançado pela Panini em 1970; a cada ano que passa, a busca pelo produto só cresce. O álbum de figurinhas oficial da Copa do Mundo FIFA Rússia 2018 já está disponível nas bancas e ao todo são 682 figurinhas, incluindo as “50 brilhantes”. De acordo com a Panini, o Brasil é o maior consumidor de figurinhas e consome mais que o dobro que o segundo colocado, a Alemanha.

Eliene Ferreira é dona de uma banca de revistas no Distrito Federal há seis anos e conta que, da Copa passada para a deste ano, houve um aumento considerável de clientes procurando pelo álbum e pelas figurinhas. “Mesmo com o aumento de 100% no preço e a redução da quantidade de figurinhas por pacote, a procura cresceu. Inclusive, é comum vender tudo e ficar alguns dias sem estoque até a próxima leva chegar”, revela. Ela conta ainda que o produto não faz a cabeça somente das crianças; adultos de todas as idades e gêneros estão animados com as figurinhas.

A saga para completar o álbum tem estimulado a criação de eventos de troca de figurinhas em bares, restaurantes, shoppings e outros tipos de estabelecimento. Neste ano, essa missão ficou ainda mais fácil com o surgimento de sites que informam onde esses eventos acontecem, além de aplicativos voltados para colecionadores que permitem organizar figurinhas repetidas e fazer o controle das que ainda se precisa conquistar.

A partir da venda do álbum, a empresária Eliene identificou também a oportunidade de vender artigos de decoração e instrumentos de torcida. “Todo mundo quer estar em clima de Copa, principalmente quando os jogos começam; então, quando o cliente vem comprar a figurinha, já aproveita para levar bandeirinhas, cornetas, vuvuzelas e bandeirolas, por exemplo”, conta a comerciante, que já está se preparando para reforçar o estoque e buscar mais opções de artigos decorativos para colocar à venda.

 

Dicas para golear em ano de Copa

  1. Faça sua marca entrar no clima! Seja em espaços físicos, seja em e-commerces, decorações e layouts temáticos podem animar o consumidor e fazer toda a diferença.
  2. Aproveite o momento de celebração para investir em campanhas inovadoras e bem-humoradas, promova bolões, sorteios e concursos de maneira descontraída.
  3. Agora é o momento de investir em promoções! Pense no seu público-alvo e no que mais pode chamar a atenção dele. Bares e restaurantes, por exemplo, podem oferecer vantagens para quem assistir aos jogos na casa e, assim, se destacar da concorrência.
  4. Utilize as redes sociais para interagir com seus clientes: produzir conteúdo sobre os jogos pode atrair mais cliques para as suas redes.
  5. Presenteie seus clientes! Invista em brindes personalizados e colecionáveis. Isso pode fazer com que retornem ao seu estabelecimento mais vezes e criem um vínculo emocional com a sua marca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *