10 de dezembro de 2016
Como fazer promoções e liquidações de sucesso
Varejo SA por Varejo SA

Se bem utilizada, a estratégia de dar descontos para os consumidores pode tirar os estoques do sufoco e alavancar as vendas

Não é segredo para nenhum lojista que duas das coisas que os brasileiros mais gostam na hora de ir às compras são uma boa promoção e liquidação. Quem não quer pagar menos nos produtos e serviços que tem interesse? Porém, se para os consumidores o importante é o valor final e a porcentagem de desconto, para os lojistas pode ser um grande problema definir como e quando realizar uma época de promoções que realmente traga lucros e sustentabilidade, desde o nível dos estoques até a organização estética do ponto de venda e a capacidade de atendimento a um maior público.

Nas Dicas do TAG dessa edição, damos cinco dicas estratégicas para ajudar os lojistas e empresários, especialmente na época de festas de fim de ano e férias de verão.

[sc name=”titulo-secao-app” cor=”#B42127″ titulo=”1 – Avaliar o estoque”]

O importante é avaliar os estoques de forma realista e não simplesmente armazenar sobras dos produtos comprados para as datas comemorativas já pensando em futuras promoções. Esses produtos podem ficar parados, comprometendo o caixa e causando prejuízos. Porém, caso isso ocorra, o ideal é realizar promoções agressivas, podendo até mesmo vender abaixo do valor de custo.

Se não for necessária uma promoção tão forte, outra saída para baixar o estoque é criar descontos progressivos e conjuntos, criando margens como por exemplo de 10% a 70% de desconto e criando a estratégia “leve dois, pague um”.

[sc name=”titulo-secao-app” cor=”#B42127″ titulo=”2 – Treinar e motivar a equipe”]

Deve-se treinar a equipe de vendas, analisando a capacidade dos vendedores de atender uma possível maior demanda. Caso isso ocorra, uma estratégia é contratar colaboradores temporários e, de preferência, que tenham experiência no varejo. Segundo uma sondagem da CNDL, mais de 27 mil vagas temporárias devem ser criadas nos setores de varejo e serviços.

[sc name=”titulo-secao-app” cor=”#B42127″ titulo=”3 – Organizar o ponto de venda”]

A questão estética do ponto de venda não pode ser ignorada. Organizar a loja facilita as compras dos consumidores e melhora a produtividade dos vendedores. Para que isso ocorra, os lojistas devem pensar em uma boa exposição dos produtos com descontos. Assim, quem entrar na loja, vai encontrar com facilidade. Nesse Natal, por exemplo, dados do SPC Brasil mostram que as promoções e descontos são os principais fatores que influenciam 51% dos consumidores a entrar em uma loja e realizar a compra.

Criar uma identidade visual para os produtos que estão em liquidação também é uma estratégia, com etiquetas em cores vivas que sejam facilmente identificadas. As mensagens e regulamentos das promoções devem ser visíveis e de fácil entendimento, caso contrário os lojistas podem enfrentar problemas na hora dos consumidores irem ao caixa e realizarem o pagamento.

[sc name=”titulo-secao-app” cor=”#B42127″ titulo=”4 – Criar estratégia de marketing digital”]

O marketing digital pode funcionar como um grande impulsionador das lojas físicas e não apenas do e-commerce. Os lojistas não devem ignorar a divulgação por meio das redes sociais, hotsites e, até mesmo, aplicativos de mensagens instantâneas. Assim, além de levar clientes até as lojas, os empresários podem montar uma base de dados com o perfil dos clientes e elaborar ofertas mais direcionadas.

[sc name=”titulo-secao-app” cor=”#B42127″ titulo=”5 – Ser criativo”]

Ninguém conhece mais o seu negócio do que você, lojista. Assim, é fundamental ser criativo na hora de elaborar promoções. Estude com afinco como lojas do seu setor estão utilizando esse recurso, não só no Brasil, mas também em outros países.

E, além de ser criativo para criar as promoções, tem que ser também na hora de saber utilizar o retorno financeiro derivado das liquidações. Se bem administrados, podem servir para comprar novas mercadorias