21 de março de 2019
CDL BH TEM NOVA DIRETORIA
Varejo SA por Varejo SA

Posse solene contou com a presença de políticos, autoridades e empresários

Eleita para o triênio 2019-2021, a diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH) teve sua posse solene realizada no dia 11 de fevereiro, na capital mineira, em evento bastante prestigiado. “Presidir a CDL-BH é a maior responsabilidade que assumi em toda a minha vida. Eu e os demais integrantes da diretoria estamos muito confiantes, certos de que o desafio é gigante, mas com grande disposição para trabalhar muito em defesa dos nossos associados”, observou Marcelo de Souza e Silva, o novo presidente.

Empresário desde 1989, ele participa da entidade há 29 anos, quando ingressou na CDL Jovem. A partir de 1997, já na CDL-BH, ocupou o cargo de vice-presidente em diversas gestões. “Assumo a Presidência com o compromisso de trabalhar de forma incansável em defesa dos nossos mais de 12 mil associados e intensificar as ações para ajudar no desenvolvimento econômico e social da nossa capital”, completou.

A cerimônia solene de posse reuniu 530 pessoas e contou com a presença de políticos e autoridades, presidentes de entidades e empresários. O movimento lojista foi representado pelos presidentes da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), José César da Costa e Roque Pellizzaro Junior, respectivamente, e presidentes de diversas CDLs do país.

“Temos a CDL-BH como a CDL-modelo. Ela é espelho para todas as CDLs do Brasil. Então, é com muito orgulho e honra que estamos aqui participando deste evento. Bruno Falci fez um grande trabalho e agora, com certeza, Marcelo irá trazer inovações para todo o Sistema CNDL da capital e de Minas Gerais”, declarou Costa.

Bandeiras – De acordo com Silva, inovação será uma palavra-chave da sua gestão. Inovação tecnológica, de processos, de gestão, sempre com foco no associado, para que ele consiga agregar mais valor aos seus produtos e aumentar suas margens de lucro. Dentro desse espírito, a CDL-BH vai inaugurar, no mês de março, um coworking que vai abrigar algumas start-ups que estão desenvolvendo produtos voltados para os setores de comércio e serviços.

A entidade sempre atuou em prol do desenvolvimento econômico e social de Belo Horizonte e esse trabalho será intensificado na atual gestão. Segundo seu presidente, a entidade vai ampliar o trabalho para conseguir mais linhas de crédito para as empresas, a juros menores, e intensificar o diálogo com os governos estadual e municipal para simplificar e desburocratizar processos, facilitando a abertura de novas empresas e gerando na cidade um ambiente atrativo para novos negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *