14ª edição
Nov_Carta_Leitor_sugestao2
Para fechar o ano no azul
11 de novembro de 2017
Nov_TalkShow_Forum_pag19
Celebrando o papel do varejo na retomada do crescimento
11 de novembro de 2017

Preparações para o fim do ano

Por Honório Pinheiro Presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas

O Natal e as festas de fim de ano já chegaram para empresários varejistas. Essa é a sazonalidade mais aguardada pelo setor durante o ano. O momento de preparação para as vendas natalinas, a cada ano, apresenta-se de forma diferente, dependendo da influência da economia e do comportamento do consumidor.

Não há tempo a perder! É momento de estar com a análise de mercado e o planejamento de vendas prontos para atuar nos negócios. Obviamente, não pode ser deixada de lado uma boa dose de marketing para uma perfeita estratégia de vendas de fim de ano.

Mudanças no perfil de consumo pontuam novas configurações ao mercado e dão uma nova cara para o momento. O consumo on-line, por exemplo, é o meio preferido de 60% dos internautas na hora de fazer compras, enquanto 14% ainda preferem as lojas físicas e 26% dizem-se indiferentes. Foi o que revelou uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), divulgada em agosto. Ainda em relação às compras de fim de ano, a Black Friday pegou tanto no Brasil que muitos consumidores já aproveitam as promoções para antecipar as compras de Natal.

Depois de a economia nacional ter dado os primeiros sinais de recuperação, com alta de 0,2% no Produto Interno Bruto (PIB) de abril a junho em relação aos três meses anteriores, a injeção de R$ 44 milhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e a liberação do Programa de Integração Social/Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep), temos um cenário bem mais favorável do que o apresentado em 2016.

As projeções do Banco Central de crescimento de 0,7% em 2017 confirmam essa tendência de retomada e o varejo reflete essa mudança. Esse cenário deve gerar um crescimento de 2,5% no volume de vendas, neste ano, criando um saldo positivo de empregos superior a 900 mil ocupações. Ainda, a pesquisa da CNDL e SPC Brasil indicou que o setor de varejo e serviços deve criar cerca de 51 mil vagas extras até o fim do ano.

É nesse clima de esperanças renovadas para um Brasil melhor, que se recupera aos poucos, que o varejo deve se posicionar. Invista em uma bela vitrine com motivos natalinos e atraia a atenção dos consumidores. Um excelente atendimento é outro segredo conhecido dos varejistas que deve ser colocado ainda mais em prática em um momento de concorrência acirrada. Boas vendas!

Boa leitura!

Honório Pinheiro – Presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)

shares