14ª edição

As festas de fim de ano se aproximam e o comércio se prepara para o que costuma ser o melhor período em volume de vendas. Além do espírito natalino que toma conta de todos os brasileiros, os lojistas acreditam que sempre há espaço para lembrar das pessoas queridas. O desafio é fazer com que as conhecidas “lembrancinhas” sejam maiores do que do ano passado e que a perspectiva de um ano melhor aqueçam os corações dos consumidores e as faturas dos lojistas.

Os preparativos do comércio estão a pleno vapor e a revista Varejo s.a. traz dicas de como atrair o consumidor que está com um olho na carteira e outro nas vitrines. É hora de lançar mão de estratégias para encantar os clientes e aumentar as vendas. 2017 será marcado como o ano que o país começou a sair da crise e nada melhor do que fechar o período comemorando as contas positivas.

O otimismo e a saída da crise marcaram as falas de todos os presentes ao III Fórum Nacional do Comércio. Realizado no fim de outubro, um dos principais eventos do setor varejista do país teve como mote o papel deste segmento na recuperação econômica. Muitos números foram destacados para incentivar a união e a mobilização daqueles que fazem do setor varejista o protagonista da retomada do crescimento econômico e da geração de empregos. Nossa cobertura especial traz os principais destaques dos dois dias de evento, que reuniu mais de 800 pessoas na capital brasileira.

Além do Fórum, o momento é especial também para a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas, que elegeu um novo presidente e nova diretoria para o período de 2018 a 2020. Os novos dirigentes assumirão as rédeas de um Sistema que abrange mais de 450 mil empresas em todo o país e tem grande relevância no desenvolvimento social e econômico do país.

Esta edição traz ainda uma entrevista exclusiva com um dos principais parceiros estratégicos da atual gestão. O presidente executivo da Fundação Dom Cabral, Antonio Batista da Silva Junior, elenca os principais pontos desta parceria e destaca, mais uma vez, a importância da CNDL para o país.

Esperamos que goste da leitura!

shares