17ª edição
varejo_numeros fevereiro18
Principal meta dos brasileiros para 2018 é juntar dinheiro
5 de fevereiro de 2018
jan_fotoPalavraPresidente
Palavra do Presidente
5 de fevereiro de 2018

Inspiração diretamente de Nova Iorque

Por Renata Dias Editora

shutterstock_390329230

Inovação, tecnologia, conhecimento, inspiração. O que o maior evento mundial do varejo tem a ensinar aos brasileiros? Ao acompanhar mais uma edição da tradicional NRF Retail´s Big Show, vemos que a palavra de ordem é a experiência. Hoje não é suficiente apenas pensar em vendas e em estratégias de preço. As pessoas querem mais. É preciso atrair, encantar e transformar. O avanço da tecnologia muda, constantemente, a forma que o cliente pensa, age e decide, e muda também a forma de vender, apresentar o produto e estruturar um negócio. A chave para uma estratégia de sucesso é promover a facilidade e a conveniência no meio digital e valorizar a experiência nas lojas físicas.

Nas próximas páginas, você irá acompanhar a cobertura do evento. Selecionamos alguns destaques dentro de uma avalanche de conhecimentos e atividades que aconteciam na feira, nas palestras, nas visitas guiadas e nas conversas de corredores. A quantidade de práticas inspiradoras não caberia em uma única edição e muitas das tendências e novidades apresentadas na NRF 2018 nortearão as próximas pautas e temas ao longo deste ano.

Por exemplo, trouxemos duas matérias sobre inovações que já trazem resultados aqui no país – os chatbots e o uso de realidade virtual no varejo. São tendências que já estão a todo vapor no Brasil. A edição traz também uma publicação que vai ajudar o varejista neste momento que é ideal para reestruturar o seu negócio e planejar ações certeiras. O estudo “Modelos de Negócios de Sucesso Centrados na Inovação” traz dicas valiosas sobre o que define uma empresa como uma organização exponencial. Vale a leitura. Outro destaque desta edição é uma entrevista exclusiva com o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, que mostra o porquê do estado ser bom para viver e para investir.

Vale destacar: independente dos investimentos em ferramentas tecnológicas, em softwares e aplicativos, se não houver uma interação humana de qualidade, a venda não se concretiza. Não importa qual segmento, não importa qual é o tamanho do negócio, o fator humano ainda é o aspecto mais importante para alcançar o sucesso. Então, lance mão da tecnologia sim, reveja seu modelo, sua estrutura e use tudo isso para treinar a sua equipe, para conhecer as características mais íntimas do seu cliente e prepare-se para que uma ida a sua loja seja uma experiência inesquecível, na qual o consumidor saia com o produto que buscava e com o coração aquecido por uma série de detalhes que fizeram essa compra ser única, personalizada e planejada especialmente para ele. Essa experiência irá transformar definitivamente a relação com o consumidor dos tempos atuais.

Esperamos que gostem da leitura!

shares