27 de novembro de 2019
Boas perspectivas para o fim de ano no varejo
Varejo SA por Varejo SA

Faltam dois meses para as comemorações de fim de ano e o varejo já vem se preparando para um dos melhores períodos, que promete aquecer o setor com a contratação de novos profissionais. Uma pesquisa realizada em todas as regiões do país pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) estimou que aproximadamente 103 mil vagas serão abertas até dezembro –um aumento de 43,8 mil postos de trabalho em relação ao previsto no ano passado.

O quadro positivo de contratação para este ano reflete a expectativa do varejo de que as vendas sejam melhores em relação a 2018. Dados do levantamento mostram que seis em cada dez empresários (58,0%) apostam que os resultados de 2019 devem superar os do ano passado — um aumento de 17 pontos percentuais ante 2018. A expectativa é de um crescimento médio de 16,7% nas vendas neste fim de ano – em 2018, esse número era de 7,9%.

CONTRATAÇÕES EM ALTA

Em meio a um cenário mais otimista, foi observado um leve recuo de 72% para 69% no percentual de empresários que não têm a intenção de fazer contratações neste fim de ano, incluindo temporários, informais, efetivos ou terceirizados. Por outro lado, houve um aumento de17% para 23% no percentual dos que contrataram ou devem contratar ao menos um novo colaborador. A principal justificativa para os reforços no quadro de funcionários é atender ao aumento da demanda nesse período do ano, com 88% das menções. A pesquisa também revelou que a maior parte (48%) dos empresários consultados deve contratar mais neste ano. A boa notícia é que 40% têm a intenção de efetivar os temporários.

PERFIL DAS VAGAS

– 52% dos lojistas pretendem empregar temporários.

– 49% devem abrir vagas informais.

– 45% planejam oferecer postos com carteira assinada.

– 28% esperam contratar terceiros.

PROFISSIONAL COBIÇADO

– Idade média de 28 anos.

– Escolaridade: ensino médio.

– Experiência na área.

– Remuneração: média de 1,6 salário-mínimo ou aproximadamente R$ 1.597.

– Funções mais procuradas: ajudante, vendedor, balconista ou atendente de loja, motorista, caixa e estoquista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *