8 de março de 2019
A participação da mulher na sociedade, uma reflexão mais que necessária
Varejo SA por Varejo SA

Mês que marca a luta pela igualdade de gênero ao redor do mundo, março é dedicado a refletirmos o papel da mulher na sociedade e a luta diária delas por paridade de direitos. Cada vez mais, as mulheres avançam em espaços há pouco tempo considerados masculinos, quebram paradigmas e mostram que, com empenho, dedicação, força de vontade e capacitação, toda pessoa pode executar qualquer tipo de trabalho.

Dados de 2018 levantados pela Rede Mulher Empreendedora (RME), primeira plataforma de apoio ao empreendedorismo feminino no Brasil, mostram que, entre as principais razões que levam mulheres a começar o próprio negócio, estão a flexibilização de horários, possibilidade de conciliar trabalho e família, realização de um sonho e trabalhar com o que gosta ou por uma causa.

De acordo com a pesquisa da RME, empreendedoras com filhos mais novos veem no empreendedorismo uma opção para passar mais tempo com a família, mesmo que isso impacte nos ganhos financeiros. À medida que os filhos crescem, elas passam a focar e investir mais nos negócios. As mulheres estão empreendendo mais, mas a qualidade de vida da família e a importância que dão ao tempo dedicado aos filhos continuam sendo prioridade para elas. Não há como negar o quão insubstituível é o papel delas na família e sua contribuição para o mercado de trabalho.

Elas trazem harmonia, ternura e equilíbrio aos negócios e às famílias e, como nos ensina o papa Francisco, “a família é importante, é necessária para a sobrevivência da humanidade. Se não existe a família, a sobrevivência cultural da humanidade corre perigo. É a base, nos apeteça ou não: a família”. Neste mês de março, nossa atenção e nossos corações se voltam a essas mulheres, que lutam diariamente para manter de pé as famílias, pilar da nossa sociedade, e ainda conseguem tempo para se dedicar aos seus negócios, a si mesmas e a construir um mundo mais igualitário e justo.

No Sistema CNDL, temos um exemplo do crescimento da participação da mulher nas estruturas políticas e econômicas: a nova diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas do município mineiro de Nanuque é totalmente feminina. São dez empresárias que se destacam pela criatividade, inovação, experiência e empreendedorismo. A todas, desejamos sucesso diante dos desafios, com a certeza de que têm a coragem e a determinação necessárias para enfrentá-los.

No Brasil e ao redor do mundo, observamos atentos o crescimento do debate em torno da inclusão da mulher como agente ativo nos processos empresariais, o que é fundamental para a diversidade nas organizações, independentemente de seu tamanho. O que se busca é que o ambiente de negócios permita a mulheres e homens se desenvolverem de forma equânime e que todos possam contribuir com o crescimento das corporações.

Que este mês seja um período de reflexão sobre a participação das mulheres na sociedade, mas que possamos levar adiante o debate para a construção de um contexto em que homens e mulheres tenham igualdade, tanto em deveres quanto em direitos.

Boa leitura!

Um abraço,

José César da Costa

Presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *